O que é Coaching

I would trade all of my technology for an afternoon with Socrates.
(Steve Jobs)

“ (…) Quando os próprios alunos estão criando, eles acabam aprendendo(…) Eu trocaria toda a minha tecnologia por uma tarde com Sócrates”

Coaching

O Coaching utiliza o método investigativo de Sócrates para proporcionar o desenvolvimento pessoal e profissional. O objetivo desse processo é a conquista de metas por parte do cliente (migração do estado atual para o estado desejado) através da utilização de ferramentas que evidenciam e potencializam os recursos internos do coachee.
Desta forma, o cliente se torna extremamente comprometido com suas metas e semanalmente se desafia com um plano de ação, traçado por ele mesmo com o apoio do seu Coach.

 

Histórico

Coaching é um processo consolidado nos EUA e na Europa, apoiando profissionais e indivíduos. Aproximadamente 40% das empresas da Fortune, utilizam Coaching para melhorar seus resultados. No Brasil, a cada ano há um crescimento superior a 200% em relação ao número de empresas que passama utilizar o processo. Após pesquisa da Fortune Magazine,realizada com 1000 empresas que utilizam Coaching, ficou constatado que o processo aumenta a produtividade (53%), melhora os relacionamentos (71%), incentiva o trabalho em equipe (67%), promove a redução de conflito (52%), reduz custos (23%) e minimiza o turnover (12%). No Brasil, algumas empresas, como a Petrobras, Nestlé, O Boticário, HSBC e Banco do Brasil, já utilizam o método entre seus executivos.

 

Resultados

Existe uma vasta gama de estudos acadêmicos que comprovam os benefícios da metodologia do Coaching, no âmbito individual e organizacional.
Aqui mencionamos alguns benefícios e estudos relacionados:

  • Redução de estresse e ansiedade relacionados ao ambiente de trabalho (Gyllenstenand Palmer 2005);
  • Aumento na conquista de metas individuais, esperança e bem estar (Green et al. 2006);
  • Aumento da expectativa de resultados e auto eficácia (Evers et al.2006).
  • Melhoria no comprometimento,alcance de metas e domínio ambiental (Spence and Grant 2007);
  • Aumento de bem estar e controle cognitivo, saúde mental e esperança (Green et al. 2007);
  • Melhora da liderança transformacional (Grant et al. 2010a; Cerni et al. 2010)
  • Aumento significativo de resultados atingidos e bem estar dos funcionários que fizeram Coaching (The Coaching ripple effect, Sean O`Connor and Michael Cavanagh. 2013, parcialmente financiada pela Harvard Medical School)